hoje, o meu dia começou com um incentivo ao amor. e não necessariamente ao amor romântico — ao amor sem adjectivos. ao amor por nós próprios (e quantas vezes não o esquecemos nós?), ao amor pelas nossas pessoas, ao amor, simplesmente. e eu adorei este pequeno momento de felicidade.

3 comentários:

  1. Olá! Obrigada por teres comentado o meu post por duas grandes razões: a tua preocupação e o facto de me teres dado a conhecer o teu blogue, que não conhecia. Fiquei apaixonada logo pelo título... e o resto não desiludiu :) Não costumo responder a comentários nos blogues de outras pessoas, respondo no meu, mas aproveito para dizer que tenho tendência para ter anemia, mas que por agora está tudo controlado!
    Em relação ao post, o amor pelas nossas pessoas é muito importante, mas o amor próprio não deveria nunca ser esquecido...

    ResponderEliminar