quando mostro uma peça de roupa ao Filipe - num cabide ou nas minhas mãos - normalmente obtenho uma de duas reacções: um "ah... é querida" com um ar não muito convicto, ou um "credo! estás a falar a sério, tu gostas dessa blusa / saia / etc?" (sendo que esta última reacção normalmente se dá quando a peça em questão tem assim um padrão mais vivo ou garrido, normalmente floral, coisa que o deixa sempe de pé atrás).

mas às vezes trago uma peça comigo, até ao provador ou até casa, e experimento-a e peço a sua opinião e às vezes, às vezes ele olha para mim e diz uau e continua a olhar para mim como se não tivesse palavras, como se ali estivesse de repente a menina mulher mais elegante do mundo, e esses momentos são deslumbrantes. 

Sem comentários:

Enviar um comentário