"it hurts now but one day it will be your warm up"

a cinco de fevereiro, a vanessa mandou-me fazer uma leg press com o peso da máquina nos sessenta e seis quilos,  e eu não consegui. achei até que fiquei a anos luz de a mover, apesar de ter aplicado toda a força que consegui reunir.

no início desta semana decidi-me a voltar a tentar. e vocês não imaginam o meu ar de espanto e felicidade quando, à primeira tentativa e com muito menos esforço do que estava à espera, fui bem sucedida! depois pus-me a pensar em como antes não consegui aguentar trinta segundos bem agachada e partir para insistências logo de seguida, e agora, apesar de gemer com dores, já o faço. 

conclusão: estou mais forte. estou melhor. e essa é a melhor e mais recompensadora medida do meu progresso. não vou andar a vigiar balanças, não vou andar com a fita métrica atrás de mim; vou reparar na minha progressão ao fazer os exercícios, os segundos a mais que agora aguento, o quilo extra que coloquei na barra e que já mal noto, as dez insistências iniciais que já se tornaram vinte. é uma transformação maravilhosa.

Sem comentários:

Enviar um comentário