acho que a minha lista de desejos-super-gigantes-e-incrivelmente-improváveis começaria assim:

que toda a gente seja feliz. acabar com a fome no mundo. ganhar o euromilhões. que a nossa chaminé deixe de ser imbecil, para que, em dias de chuva, não tenha que encontrar a bancada da placa (branca, senhores, branca!) coberta de lixos pretos e nojentos que acabaram de cair.

Sem comentários:

Enviar um comentário