#IStandWithStoya

a Stoya - que eu adoro e admiro imenso; que é uma mulher extraordinária e muitas outras coisas (toda a gente devia perder algum tempo a ler as coisas que ela tem vindo a escrever - tão pertinentes) - veio recentemente a público acusar o James Deen, com quem manteve uma relação no passado, de a ter violado. ele, é claro, respondeu dizendo que tais egregious claims são falsas, e numa questão de horas tinha centenas ou milhares de pessoas a apoiá-lo, a exigirem da Stoya que provasse o que dizia, a afirmarem coisas como of course she's lying e she [Stoya] will never go to the police because she is full of BS e an ex-girlfriend saying something vindictive and evil to punish her former boyfriend??? That's never happened, has it? e hang in there man e muitas outras coisas deste género.

isto causa-me tanta raiva que mal consigo escrever.

como é que é possível que seja esta a reacção das pessoas? admitir publicamente uma violação deixa qualquer mulher (ou homem, by the way) numa posição extremamente vulnerável. existem sempre, sempre os apoiantes do parceiro a manifestarem-se, a defenderem-no, a fazerem piadas estúpidas e imbecis com a situação (it's not rape if she can't say no e comentários do género.). implica expôr ao mundo uma situação terrível e apresentarmo-nos como vítimas dessa situação. é um inferno. nenhuma, nenhuma mulher iria expôr-se de livre vontade a uma coisa assim (e ao escrutínio da sua vida privada que se segue. ah, ela veste-se com roupas provocadoras, estava a pedi-las. ah, ela saiu à noite quatro vezes na semana passada! é uma dessas. estava a pedi-las. e por aí fora.) a visibilidade ganha pela vítima não é uma coisa positiva para a vítima - e nem sequer é um argumento neste caso, já que visibilidade é coisa que não falta à Stoya. portanto, a todos aqueles que se põem automaticamente do lado do agressor: fuck. you.

já é suficientemente difícil declarar uma agressão sexual. ou falar dela sequer. ser apedrejado publicamente por isso parece-me francamente nojento. por tudo isto e muitas outras coisas: i stand with Stoya.

Sem comentários:

Enviar um comentário