não gosto de mim na minha versão mais prática. não gosto que todas as minhas meias sejam pretas ("meias claras são mais difíceis de lavar!"), não gosto que noventa por cento dos meus sapatos tenham sido, durante toda a minha vida, pretos  ("vai bem com tudo"), e que as excepções ao preto sejam para o castanho e para o camel; não gosto de me aperceber que compro sempre malas pretas (com uma excepção para um azul bonito, vá...), de que roupa interior é preta, de que os elásticos e ganchos para o cabelo são pretos... e a lista continua. demorei anos a permitir-me os all star amarelos do amor. e eu gosto tanto de cores. elas fazem-me tão, tão feliz! estou cansada de ser prática. preciso de ser diferente para ser mais feliz.

Sem comentários:

Enviar um comentário