ele.

alguém que nos abraça nos momentos em que mais precisamos de ser abraçados e que fica muito, muito tempo junto a nós; amparar-me a ele, o meu nariz junto à curva tão doce do seu pescoço (ele cheira sempre tão bem), os beijos mais doces. alguém que nos dá força quando já não temos mais, alguém que está connosco sempre, mesmo que as lágrimas (me) teimem em cair.

alguém que entre numa sala e a ilumine (e todos os sorrisos que não posso conter).

sim, alguém assim. (o único.)

Sem comentários:

Enviar um comentário